Carregando...
Ir para o conteúdo
Ultragaz
Av Brigadeiro Luís Antônio, 134301317 - 910São Paulo, SP
(11) 3177 6677,(11) 3177 6200,Logo Ultragaz
Entre em contato
Ultranotícias

De onde vem o gás liquefeito do petróleo (GLP)

 

Comida quentinha, ambientes aquecidos, água quente no chuveiro, churrasquinho no capricho… Todas essas situações têm algo em comum: o uso do gás liquefeito de petróleo, ou simplesmente gás de cozinha. O GLP é utilizado largamente em todo o país para as mais diversas aplicações, e é o combustível com maior capilaridade em território nacional, ou seja, ele chega até mesmo nos lugares mais distantes.

 

Gas Liquefeito Petroleo F

Mas você sabe de onde vem o GLP e como ele chega até sua casa ou comércio?

Das origens do petróleo

O petróleo é o resultado da decomposição de material orgânico vegetal e animal, que recebeu a ação de microorganismos, bactérias, temperaturas altíssimas e pressão elevada. Todo esse processo de transformação demorou milhões de anos ao todo.

O “ouro negro”, como é chamado o petróleo, é composto por átomos de hidrogênio e carbono, recebendo por esse motivo o nome de hidrocarboneto. Este material origina diversas outras matérias, e entre elas está o GLP, ou gás liquefeito de petróleo.

Como nasce o GLP

O GLP pode derivar do petróleo ou do processamento do gás natural, em “campos” diferentes: exclusivamente petróleo, exclusivamente gás, ou uma associação entre os dois, que é a forma mais comum no nosso país. Ele é extraído das reservas de gás natural do subsolo ou como resultado do refinamento do petróleo cru. É composto basicamente de uma mistura propano e butano.

O gás liquefeito de petróleo é acondicionado em cilindros quando está no estado líquido. Os cilindros cheios contam com 85% de GLP líquido e 15% de gás liquefeito em estado de vapor.

Curiosidades sobre o GLP

Você sabia que, originalmente, o GLP não tem cor nem cheiro? Para que possamos sentir o característico “cheiro de gás” - imprescindível para detectarmos possíveis vazamentos - é adicionada ao gás uma substância chamada Mercaptan (ou mercaptano).

O mercaptano é um composto à base de enxofre, que oferece o clássico cheiro desagradável característico que associamos ao gás, e que permite a detecção precoce de vazamentos.

Inclusive, tenha sempre em mente uma informação importante: caso você chegue em casa e sinta o “cheiro de gás”, não acenda a luz nem acione nenhum interruptor. Abra todas as janelas, leve o botijão para um lugar ventilado, e ligue imediatamente para o seu revendedor Ultragaz, solicitando a substituição do vasilhame.

O uso do gás liquefeito de petróleo como combustível é uma escolha de baixo impacto ambiental. Sua queima gera gás carbônico com nível expressivamente menor que outras fontes, como o carvão por exemplo. Ademais, ele oferece um alto poder calorífico, o que permite que com menos gás obtenha-se a quantidade ideal de calor.
 

Comentários (0)
Posts Relacionados