Ir para o conteúdo
Banner - Descrição do fundo da imagem

Gás para Hotelaria

O gás liquefeito de petróleo está presente em 100% do território brasileiro, conforme dados do SINDIGÁS (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo). Com sua queima mais limpa, seu alto poder calorífico e sua versatilidade, o GLP está presente em diversas outras aplicações. O uso do GLP na hotelaria é uma delas.

Agendar uma visita

GLP na hotelaria

Por conta de seu alto teor energético, o gás liquefeito de petróleo pode ser utilizado desde o fogão doméstico até grandes instalações industriais, sempre com total eficiência. Muito utilizado no setor de serviços - hotéis, pousadas, lavanderias, hospitais, entre outros - o gás liquefeito de petróleo oferece uma infinidade de usos.

A utilização do GLP em hotéis e pousadas é bastante variada. Nos chuveiros, por exemplo, o gás produz água quente imediatamente, proporcionando maior quantidade e muito mais pressão, tornando o banho muito mais relaxante. O sistema de chuveiro a gás GLP é muito econômico e bastante seguro. A água das torneiras também pode ser aquecida com o GLP, bem como as saunas e piscinas.

Também pode ser utilizado na lavagem e secagem de roupas de cama e banho em grandes volumes. É aplicável na cozinha do hotel, proporcionando combustível de qualidade para o preparo de grande volume de alimentos a qualquer hora, e também nas lavadoras e secadoras de louça.

Além dessas finalidades, o GLP em hotelaria também pode ser utilizado nos condicionadores de ar, aquecedores e ambiente e nos geradores de energia, entre outros usos.

Conte com a solução UltraPronto Ultragaz para hotelaria e serviços! A instalação é simples e prática, respeitando ao máximo a configuração original do local, e o fornecimento é ininterrupto, com o abastecimento gerenciado pela equipe Ultragaz com total conveniência. O abrigo para a instalação do gás já vem pronto e é móvel, e a Ultragaz adequa todo o ambiente seguindo as normas da ANP com toda a segurança exigida.

Siga a Ultragaz nas Redes Sociais