Como escolher o modelo ideal de forno de embutir? Todos funcionam da mesma forma? Quais são as particularidades dos modelos elétricos e a gás? Confira!

Fornos a gás

Os fornos a gás são econômicos, pois basicamente não precisam do uso de energia elétrica (exceto para o acendimento da lâmpada interna e para gerar faísca). Podem ser abastecidos por gás natural ou gás GLP, dependendo das especificações e indicações do fabricante, que devem ser verificadas antes da aquisição do eletrodoméstico.

Com aquecimento rápido, se torna mais ágil no processo geral de preparo dos alimentos e é excelente para o preparo de alimentos com maior tempo de cozimento. Uma grande vantagem do forno a gás é justamente sua independência em relação à energia elétrica pois, caso haja interrupção do fornecimento, não há a necessidade de interromper o preparo e descartar ingredientes, por exemplo.

Fornos elétricos

Os fornos elétricos possuem praticamente as mesmas funcionalidades dos fornos a gás, e podem ser encontrados no mercado em tamanhos mais compactos. As temperaturas altas também permitem um cozimento uniforme dos pratos, mantendo o sabor e a qualidade do alimento. Em famílias maiores ou em casas que possuem uma rotina constante de preparos assados, ele pode ocasionar um gasto maior de energia; fique atento.

Dicas gerais

Antes de escolher seu forno, sempre preste atenção no espaço disponível para instalação do equipamento. É imprescindível que o projeto do móvel, nicho ou local que vai receber o forno siga as recomendações do fabricante em relação às saídas de ar e distância entre as paredes do aparelho e do móvel.

É importante também pensar na capacidade interna do eletrodoméstico, considerando a frequência de uso. Quais são os alimentos que tendem a ser preparados no novo forno? Qual o tamanho deles em altura e largura? Sua família é pequena ou grande? Com esses detalhes em mente, fica mais fácil acertar na escolha do forno ideal.